Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fode Fode Patife

Fode Fode Patife

Abram alas para o Patife

22.04.10
Se há coisa que eu gosto de encontrar é uma AD. Pronto, para os meninos que dobram o pijaminha e que se interrogam mas que raio é uma AD?, eu explico: é uma Anal Demon. São cromos difíceis de encontrar. Mas garanto que valem a pena. São mulheres que se apresentam como uns autênticos demónios do anal. Lúciferes do beco de trás. Belzebus fixados nos seus cus. Rameiras que não se contentam com qualquer raminho. E para as contentar está aqui o Patife, pois claro. Mas não pensem que é fácil engatar uma. Elas estão sedentas de se sentirem um franguinho no espeto, é um facto, mas sabem que têm um valor incalculável e então armam-se em difíceis. Por isso, um tipo tem de lhes dar trela antes de lhes atirar o pau. Um pouco como o Putxi, o canito da minha infância. Às vezes esquecia-me de lhe soltar a trela quando lhe atirava o pau e o desgraçado sufocava mais do que a tipa que ontem me abafou o ponteiro. Continuando, que eu por vezes disperso-me. Estava eu a dar trela à AD e ela sempre a provocar a ver se eu fraquejava. Mas se há coisa em que eu sou bom é na prova anal. Passo (e trespasso) sempre com distinção. Por isso lá consegui acesso ao seu quarto (das traseiras) e a brutalidade demoníaca foi tal que de pouco me lembro. Recordo-me apenas de, a nádegas tantas, perder os sentidos enquanto pensava: Agora é que esta porca torce o rabo.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.