Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fode Fode Patife

Fode Fode Patife

Diz-me o teu signo, dir-te-ei como te pino

12.03.21

Assumo não saber o nome da maioria das mafarricas que passou pela minha cama, mas sou capaz de saber qual o signo do Zodíaco a que todas pertencem. Não que me interesse por astrologia, mas todas decidiram partilhar comigo essa informação e informação é poder.

Este conjunto de informação zodiacal pré-pinada, aparentemente irrelevante, (uma contou-me o seu signo a meia-foda, mas prefiro não recordar agora esse momento) está revestido de um conhecimento profundo sobre certos padrões de comportamento sexual partilhados pelos mesmos signos do Zodíaco.

Após meses em confinamento a analisar a informação e a correlacionar tipos de pranchadas por signo, estou neste momento em condições de apresentar os resultados sobre a minha mais recente teoria de abordagem empírica. Esta tese estabelece uma correlação directa, e altamente fiável, entre o signo que as mulheres têm e a forma como gostam de fornicar. O estudo foi feito com base em 784 inquéritos Pachecais, realizados à boca da chona e feitos presencialmente por via nabal. O grau de confiança é quase tão grande como o meu Pacheco. Eis as principais conclusões da teoria: “Diz-me o teu signo, dir-te-ei como te pino”:

A Mulher Carneiro
É dotada de uma resistência e energia sexual fora de série e nunca se deixa vencer pelo cansaço de uma longa maratona de festa rija na cama. Pina como vive: intensamente e “a mil à hora”, capaz de deixar um nabo completamente esfrangalhado. Depois de ser aviado por uma Mulher Carneiro é certo que ficará com a rosca toda moída. Quer ser respeitada logo após a cavalgada, ainda a escorrer meita pelos lábios da senisga, o que lhe pode retirar alguma credibilidade momentânea. Confunde facilmente sexo com emoções e por isso tem desilusões afectivas amiúde.

Acção recomendada: É fugir antes de ficar com a gaita estragada e ela com a alma engatada.

A Mulher Touro
Até a foder querem estar na moda, sempre à procura da última tendência neste grande jogo das pinadas sociais. São tão vaidosas que ter um espelho por perto estimula-as ao ponto de ficaram molhadas só de vislumbrar o seu próprio reflexo. Falam e gritam sem pensar durante o sexo, mas arrependem-se mais tarde. Se teimam que te vão saltar com a boca à corneta, nada as demove. Uma espécie de magnetismo nabo-bocal.

Acção recomendada: Lembram-se do que aconteceu a Narciso, certo? Contudo, “Quem mamadas recusar, ao Inferno vai parar”.

A Mulher Gémeos
Tudo o que for foder de forma pouco convencional atrai a nativa deste signo, pois a sua personalidade curiosa faz dela uma fodilhona informada sobre diversas posições e brincadeiras sexuais. A versatilidade é uma das suas características principais e se puder introduzir um strap-on no vosso imaginário sexual, é certo que o introduz quase tão rápido como to introduz rabo acima. É muito independente e prática, sem grandes expectactivas de trocas de juras de amor pós-coital, preferindo estar com pessoas de mentalidade livre, fluída e maleável.

Acção recomendada: É pinar até rebentar, seus patifes.

A Mulher Caranguejo
A mulher que nasceu sob este signo é sensual e sedutora, e faz os impossíveis para agradar ao seu parceiro sexual. Precisa muito da aprovação masculina e por isso alinha em tudo. Mas desengane-se quem pensa que a nativa de caranguejo é uma devassa da pachacha, uma frenética da patareca, uma destrabelhada da rata. A mulher Caranguejo pina secretamente em busca de um príncipe encantado e constrói o seu castelo de nuvens idílico e artificial, onde tudo é belo. Por muita carga de bombada que receba bardanasca adentro, a Mulher Caranguejo exige carinho e atenção antes, durante, e depois da cambalhota sexual.

Acção recomendada: Nunca berlaitar uma mulher destas a não ser que tenham boas intenções, daquelas que o Inferno está cheio.

A Mulher Leão
As nativas deste signo possuem uma imaginação fértil e são capazes de levar o homem mais experiente à loucura. Adoram ser o centro das atenções e assumem uma postura sedutora e provocante em cada momento. Quanto mais atenção têm, mais se excitam. Gostam de falar alto ao ritmo do vaivém corporal e de ouvir palavrões durante o pirafo. A Mulher Leão quer estar sempre sobre o controlo da situação e precisa de sentir que é a caçadora e não a presa. Gosta de ter uma ventoinha ligada a soprar-lhe vento sobre a juba esvoaçante enquanto cavalga por cima do parceiro.

Acção recomendada: Se gostam de uma mulher que tome a iniciativa sexual e vos desvende novos mundos, e quem sabe novos fundos, esta é a escolha ideal.

A Mulher Virgem
As mulheres do signo Virgem gostam de fornicar de forma organizada, estável e responsável. Não pinam bêbadas, tão pouco sem preservativo, nem com a desculpa de que “é só a cabecinha”. Durante o festim sexual estão sempre ligadas ao mundo real, observando e analisando cada movimento, mais parecendo biólogas a tentar catalogar o comportamento das espécies animais. Não são exibicionistas e não apreciam tirar a roupa toda na hora de fornicar.

Acção recomendada: Para apreciadores de quecas enfadonhas e que não passem do primeiro nível de deboche, é uma opção segura. Contudo, pouco entusiasmante para pinadores mais experientes. É o típico filme sexual de domingo à tarde.

A Mulher Balança
Charmosa e fogosa, normalmente, não se priva dos seus prazeres. Gosta de ser surpreendida, de ser acariciada e de se sentir única. Fode com classe e elevação, envolta em sensualidade. Faz a melhor mamada do Zodíaco, certamente pela arte inata no balancear do pescoço, próprio das nativas deste signo. É merecedora do troféu “Corneta de Ouro” do Patife.

Acção recomendada: É de alta manutenção, mas dá alto tesão.

A Mulher Escorpião
As nativas do signo Escorpião representam o lado mais misterioso das quecas do Zodíaco. São naturalmente sedutoras e profundamente sexuais. Fazem pocinha na cuequinha a vários momentos do dia. Procuram projetar sexualmente uma aura de mistério, e de conduzir o rumo do pinanço para ações mais ousadas e rocambolescas. Fodem por instinto e não permitem que lhes amputem a beleza de seguir o acto impulsivo. São as quecas-Kinder do Zodíaco. São sempre uma surpresa.

Acção recomendada: Para quem gosta de emoção é abrir e esperar para ver o que vai sair dali. O que vai entrar já se sabe.

A Mulher Sagitário
É uma carrossel de emoções sexuais. Fode a 100 estados de espírito por minuto e vai do riso descontrolado às lágrimas mais rapidamente do que consigo mudar de preservativo. As suas súbitas alterações de humor podem passar de aficionada do anal a púdica do oral e vice-versa em menos de nada. Para a nativa de Sagitário, anal é o melhor remédio para a tosse.

Acção recomendada: O par ideal para uma noite diferente, intensa e surpreendente.

A Mulher Capricórnio
Possui um olhar vago, misterioso e hesitante, até nos apercebermos que apenas se esqueceu das lentes de contacto em casa. A sua pinada é demasiado séria e parece que lhe custa divertir-se e soltar-se. Sempre solícita para abocanhar a trombeta, que executa de forma a fazer corar de vergonha qualquer arauto da racionalização do trabalho, mas espera ser sugada em troca. A queca é quase um contrato sexual em que ninguém pode ficar a perder... a não ser a espontaneidade.

Acção recomendada: Nos Tempos Modernos já não se pina assim. É uma queca old-school em desuso.

A Mulher Aquário
Está sempre pronta a aprender e a conhecer novas sensações e outras formas de devassidão. Quer conhecer-se melhor intimamente e por isso explora todas as sensações malandrecas que lhe são apresentadas. Gosta de experimentar coisas novas e de foder de olhos fechados. Fica ofendida se levar umas palmadas no rabo.

Acção recomendada: Apenas aconselhável para quem consegue controlar as mãos de se aventurarem num festim de nalgadas.

A Mulher Peixes
Carinhosas e apaixonadas, são a experiência mais sensorial de todo o Zodíaco. Entregam-se ao deboche com muita facilidade, mas são algo inseguras e precisam de ser incentivadas constantemente com palavras de ânimo e validações constantes. Gostam de beijar na boca e de fornicar devagarinho e de forma fofinha. São dengosas desde a curva dos lábios até ao papo da chona. As nativas de peixes fornicam come se estivessem num filme de Hollywood ou num conto de fadas, passando por um misto de sentimentos que vão de amada a desprezada, passando por envergonhada e tarada.

Acção recomendada: Para enfadonha já basta a vida, certo?

Da série "Estudos Empíricos":

Diz-me o que comes, dir-te-ei como fodes
Diz-me a tua cor de cuecas, dir-te-ei como quecas
Diz-me a tua profissão, dir-te-ei como montas o sardão
Diz-me como bebes o café, dir-te-ei como fazes o banzé

3 comentários

  • Imagem de perfil

    Patife 12.03.2021

    Agora imagina na cama. Surpreende ainda mais. ;)

    P.s.: Peixes é efectivamente a experiência mais sensorial de todo o Zodíaco. Por momentos, a meia-foda, quase me comovo. ;)
  • Imagem de perfil

    Maria Araújo 12.03.2021

    .
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.