Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fode Fode Patife

Fode Fode Patife

Em Abril pachachas mil

23.04.12
Desde pequeno que ouço esta expressão e desde que comecei apinar descobri que é a uma verdade insofismável. Há quem diga que a época maispropensa ao pinanço é o Verão e as suas feromonas em brasa, mas na verdade, omês de Abril é que mete as chonas aos saltos encarpados. Ou isso ou sou eu queatinjo um pico de sensualidade neste mês que faz o Pacheco atrair pachachas como mesmo magnetismo que o olhar hipnotizante da cobra atrai as suas presas. Maisuma vez, este ano comprova a minha teoria. Estava eu sentado, entretido comigomesmo, a ler num café, ainda a descansar das sete horas de grandioso chavascalem chona nortenha, quando levanto o olhar e reparo que não uma mas duas gajasme estavam a observar com ar de devassa-que-já-levava-na-chona-lassa. Uma dolado esquerdo, a outra do lado direito. Como sou um cavalheiro ia respondendoao olhar de uma e de outra indiscriminadamente, pelo menos até decidir qual éque iria afiambrar. Ainda pensei em ficar com as duas a preço de saldo mas elasestavam nitidamente a disputar-me e havia chamas quando os olhares das duas secruzavam. Queria olhar para ambas para as comparar mas já estava quase a ficarestrábico. Tive inveja do camaleão. Pudesse eu esquinar as duas ao mesmo temposem estarem lado a lado. A da esquerda tinha ar de majestosa cavaleira, sábiadominadora na arte de me cavalgar no bacamarte. A da direita mandava ares decabra brocheira, com uns lábios muito mais proeminentes do que lhe seriaexigido pelas leis do abocanhamento da corneta. Analisei os índices defodenguice, o glamour ao enrolar o cabelo, a forma como bebiam café, a forma decruzar e descruzar as pernas, o sorriso e o Pacheco a sete e não me conseguiadecidir. Na dúvida, fiz o que qualquer homem de sensibilidade e bom-sensofaria: Escolhi a que tinha as mamas maiores.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.