Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fode Fode Patife

Fode Fode Patife

Serviço de Utilidade Púbica

16.11.10
Há cerca de um mês fiz uma breve referência a um episódio marcante passado com a menina PE – Punheteira Explosiva – mas na altura não o desenvolvi por estar a contar a história da Amazona da Goela. Como o incidente patifório foi levantado mas ficou pendente – isto de um assunto ficar levantado e pendente ao mesmo tempo é curioso – hoje vou dedicar-me a relatá-lo. A menina PE, tal como disse há um mês, batia uma que me deixava o caldo em tornado, tal a forma como me metia o Pacheco a jorrar por todo o lado de forma descontrolada. Isto porque começava a abocanhar-me o bicho com muita intensidade mas perto do final desviava a boquinha e apenas usava a mão à bruta. Nunca hei-de perceber o que leva algumas mulheres a desviar a boca do Pacheco no momento da explosão langonheira. Já perdi algum tempo a pensar sobre este assunto e a única conclusão plausível que encontrei para não mamarem até ao fim é a possibilidade de terem intolerância à lactose. Só pode ser isso. Mas continuando: A menina PE desviou os deliciosos lábios e terminou o serviço com uma sequência ímpar de bombadas manuais. Se fosse uma sequência par, muito provavelmente nada do que aconteceu a seguir teria tido lugar. A ímpar bombada final foi tão descontrolada que o primeiro esguicho nabal foi acertar em cheio na boca de uma boneca de porcelana de colecção que a avó lhe tinha oferecido. Vocês não imaginam a geometria daquele esguicho antes de se ir aninhar mesmo no meio da escancarada boca da bonequinha de porcelana. E como não imaginam eu vou passar a descrever. Será o meu digno contributo para a geometria descritiva nacional. O jacto inicial saiu com tal pujança em abundância que antes de chegar ao raio da boneca fez ricochete no espanta-espíritos e no candeeiro de pé – acendendo a luz – e desenhou no espaço um triângulo espermatozóidal perfeito. A moça ficou de boca aberta a admirar a trajectória. Coisa que me enervou, pois se era para ficar de boca aberta ao menos que fosse para prestar algum serviço de utilidade púbica como alojar aquela meita sem-abrigo.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.